sábado, 25 de abril de 2009

A medalha abaixo pertence a Guarda Portuária, seja de qualquer estado da federação, pois a homenagem foi feita pelo SINDEPOL e pela Polícia Federal pelo reconhecimento de nossa existência.

Parabéns Guarda Portuária, em breve Policiais Portuários FEDERAIS.

Guarda Portuária do Rio de Janeiro







BRASÍLIA DIA 05, 06 E 07 DE MAIO

Pessoal, nos dias 05, 06 e 07 de Maio próximo de 2009, estaremos presentes em Brasília para acertarmos a data de nossa Caravana.
també, teremos agendas com diversos Deputados federais, onde deremos o encaminhamento de nossa PEC 59?2007, que já causa desconforto em muitos.

Já me confirmaram presença, companheiros de Paranaguá, Rio de Janeiro, Vitória, Recife, Santos e Pará. Será de suma importancia a presença de companheiros de diversos estados para que possamos mostrar em Brasília, nossa união e organização.

Do gabinete do Dep. Cel. Paes de Lira/SP, me foi passado que já houve a procura de representantes da RECEITA FEDERAL para falar sobre a PPF. Reclamaram que a PPF tomaria seus lugares nos Portos, já a RF não dispunha de uma fiscalização "ARMADA" para operações.

Na verdade, não almejamos "usurpar" as funções de quem quer que seja, e sim SOMAR o poder de fiscalização das Fronteiras ricas, que são os Portos Organizados.
O policiamento e a fiscalização, a Guarda Portuária já executa com competência e destreza, sempre respeitando o espaço de outras AUTORIDADES.

A idéia de "alocar" a PPF na receita Federal, me parece louvável e talvez uma boa discussão com os colegas da Receira Federal, seria muito sadia e esclarecedora.

Bom, o importante é que, estejamos em sintonia para que possamos aprvar essa PEC ainda esse ano e encaminhá-la para o Senado federal, onde eu crieo que será uma vaotação mais ágil e simples.

A Guarda Portuária, desde que foi "renomeada" Guarda Portuária, faz todos os procedimentos como antes, tem seu PORTE DE ARMAS, na Lei 10.826/2003 do Desarmamento, tem um bom efetivo, aproximadamente 1.500, seu ingresso é por meio de concurso público, faz o combate a pirataria, tráfico de drogas e armas, combate o tráfico de pessoas, prostituição, furtos, roubos, faz prisões e apreensões, faz o policiamento ostensivo nas áreas primárias e secundárias, etc.

Nada mais justo como o reconhecimento da Polícia Portuária federal assim como foi com os companheiros da Polícia Rodoviária federa e a Polícia Ferroviária federal.

Companheiro Guarda Portuário, faça sua parte. Contribua para a aprovação da PEC 59/2007.
Ligue para os Deputados da sua cidade, peça sua aprovação. Mande e-mails, arrecade fundos para o movimento.

Aqui eu fico e o nosso e-mail é:

ppfbrasil@gmail.com

Forte abraço a todos,

Marco Jamil / Guarda Portuário federal/RJ

segunda-feira, 20 de abril de 2009

I.P.A. Turquia 2009

Ofício nº. 017/2009 – IPA Brasil/ Seção 27
Brasília/DF, 16 de abril de 2009.
A Sua Senhoria o Senhor
Dr. Jorge da Silva Dantas
Presidente da Policia Portuária
Brasília - DF

Assunto: Solicitação de divulgação em mídia da entidade.


Senhor Presidente,

Com os cumprimentos iniciais, venho solicitar a Vossa Senhoria que determine a divulgação nos meios de comunicação dessa entidade classista o que segue em anexo deste, visto ser matéria de interesse de gestão das entidades representativas dos policiais, onde proporcionará a essas condições de se usufruírem das facilidades ofertadas pela Associação Internacional de Policia – IPA.
Esclarecemos que o referido evento constante no anexo, o qual solicitamos divulgação é de interesse da categoria policial como um todo, pois a presença da Delegação Brasileira no Congresso Mundial dos Policiais na Turquia deverá ser representação da categoria no contexto mundial.
Ensejando, colocamo-nos a disposição de Vossa Senhoria para os esclarecimentos que se exigir com o fito de atendimento ao pleito aqui efetivado pela IPA Brasil Seção 27.

. Respeitosamente,



Joel Zarpellon Mazo
Presidente da IPA Brasil – Seção 27

quinta-feira, 9 de abril de 2009




O SR. CAPITÃO ASSUMÇÃO (Bloco/PSB-ES. Pela ordem. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, venho prestar minhas homenagens à nossa centenária Guarda Portuária. A instituição sobreviveu a várias mudanças e aperfeiçoamentos. Mas ainda se faz necessária uma reparação a essa categoria.A Guarda Portuária, que hoje faz a segurança pública portuária, é responsável pela segurança de todas as riquezas que entram e saem de nosso País. No entanto, a única discussão em foco é a do porto/carga. A questão da segurança fica sempre em segundo plano.Na verdade, a segurança dos portos é fundamental, mas não vai existir se não houver política de segurança pública que organize e padronize o trabalho dessa instituição para que a Nação possa aumentar a arrecadação e inibir o tráfico de armas, de seres humanos, de drogas e o descaminho. Hoje ela não tem condição de fazer isso, razão por que os portos ficam à mercê da criminalidade.Finalizando, declaro meu apoio à PEC nº 59, de 2007, que cria a Polícia Portuária Federal. Deixo o meu abraço ao Vereador Jorge da Silva Dantas, do PT do Rio de Janeiro.Muito obrigado.

O SR. PAULO PIMENTA (PT-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, trago ao conhecimento deste Plenário manifestação da Associação Nacional dos Guardas Portuários sobre a PEC nº 59, de 2007, que acrescenta dispositivos ao art. 144, criando a Polícia Portuária Federal, e dá outras providências.Essa emenda visa reparar um erro da Constituição Federal. Hoje, a movimentação de todas as riquezas de nosso País e também do tráfico de armas e drogas, e o descaminho, em suas diversas modalidades, transitam pelos portos brasileiros. A Guarda Portuária, histórica instituição, com mais de 200 anos de resistência, ainda cumpre seu papel e resiste às intempéries políticas e econômicas, sendo esta última ascendente continuamente.A Constituição Federal contemplou as outras forças policiais, tais como: Guarda Rodoviária, que ascendeu a Polícia Rodoviária Federal, a Guarda Ferroviária, que passou a Polícia Ferroviária Federal, porém não contemplou a Guarda Portuária, que ora busca essa reparação constitucional.Mesmo sendo reconhecida no Estatuto do Desarmamento e também na Lei dos Portos, ainda encontramos dificuldades no direito de defesa, que nos é essencial.Solicito aos nobres Pares e a esta Presidência urgência na instalação da Comissão Especial da PEC nº 59, de 2007, para que possa ser debatida, estudada e devidamente encaminhada, a fim de reparar um erro de 20 anos, restabelecendo a Guarda Portuária, que outrora se denominava pelo Poder Público Federal como Polícia Portuária Federal.Esse é o pleito da categoria.Sr. Presidente, peço a V.Exa. que este pronunciamento seja amplamente difundido e divulgado no programa A Voz do Brasil e nos órgãos de comunicação desta Casa, a fim de que o povo brasileiro conheça publicamente o assunto.Muito obrigado.

O SR. PRESIDENTE (Mauro Benevides) - Deputado Paulo Pimenta, a Mesa diligenciará a divulgação do oportuno pronunciamento de V.Exa. nos órgãos de comunicação da Casa.V.Exa. realmente sugere que cumpramos, como Poder Legislativo que somos, esse dever em relação à Polícia Portuária.

terça-feira, 7 de abril de 2009

vamos Prestigiar o Deputado.

Dep. Arnaldo Faria de Sá para mim
mostrar detalhes 16:48 (1 hora atrás) Responder






Brasília
Acaba de ser instalada a Comissão Especial destinada a proferir Parecer à PEC 59 de 2007, que "Estabelece, ainda, que os Guardas Portuários poderão integrar a Polícia Portuária Federal. Altera a Constituição Federal de 1988". A Comissão ainda elegeu o Relator que porferirá parecer que é o Senhor Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá.


Arnaldo Faria de Sá
Deputado Federal - São Paulo

São Paulo:
Avenida Engenheiro George Corbisier n.º 1.127
Bairro Jabaquara
04345-001 São Paulo SP
Telefone 11.50118285 Fax 11.5011.3911
E-mail: deputadoarnaldo@hotmail.com
Brasília
Câmara dos Deputados Anexo IV Gab 929
70160-900 Brasília DF
Telefone 61.3215.5929 Fax: 3215.2929
Blogger: http://deputadoarnaldo.blogspot.com/

"Antes de imprimir, pense no seu compromisso com a natureza"

Dep. Arnaldo Faria de Sá para mim
mostrar detalhes 13:56 (4 horas atrás) Responder

A PEC DA POLÌCIA PORTUÁRIA

BRASIL, AGORA É DE VERDADE!

CONSEGUIMOS CHEGAR ONDE NUNCA A GUARDA PORTUÁRIA CHEGOU!
O QUE O SEU ESTADO, OU SUA CORPORAÇÃO ESTRÁ FAZENDO EM FAVOR DE NOSSA PEC???

NADA?????

ENTÃO COMECE JÁ!

EM JUNHO A CARAVANA TEM QUE BOMBAR!

PRECISAMOS ANGARIAR FUNDOS PARA ACARAVANA, PRECISAMOS TER UMA EQUIPE POR SEMANA EM BRASÍLIA PARA ACOMPANHAR AS COMISSÕES.

É AGORA OU NUNCA.

http://www2.camara.gov.br/comissoes/temporarias53/especial


http://www2.camara.gov.br/proposicoes/loadFrame.html?link=http://www.camara.gov.br/internet/sileg/prop_lista.asp?fMode=1&btnPesquisar=OK&Ano=2007&Numero=59&sigla=PEC

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Relatório de Brasília

Na semana de 24 a 26 deste mês de Março, eu, GP JAMIL e o GP Dantas, estivemos em Brasília para prestigiar os 16 anos de SINDEPOL e os 65 anos da Polícia Federal
Fomos convidados para representar a Associação Nacional da Guarda Portuária, onde no evento, somos acarinhados com o título de Policiais Portuários Federais, pelo Dr. Joel Zarpelon Mazzo, Pres. Sindicato Nacional dos Delegados de Polícia Federal e Pres. Do I.P.A. Brasília.
No evento de altíssimo nível, vide fotos no BLOG, estivemos com presonalidades e nos fizemos presente entre elas e podemos citar o Dr. Ex-Ministro da Justiça Márcio Tomaz Bastos, Dep. Fed. Marcelo Itagiba, representantes dos mais diversos cargos do alto escalão de Brasília, eram figuras fáceis de se encontrar.
Fizemos uma aproximação com o Presidente da Federação Nacional dos Policiais Civis e o Pres. Do sindicatodos Policiais Civis deBrasília, senhores Hélio Ferreira das Chagas e Wellington Luiz de Souza SIlva, figuras em que sentaram-se conosco à mesa. Reencontramos o Pres. Da Associação dos Policiais legislativos, Sr.Vandiesel, aquele mesmo que nos abriu as portas, tanto da Camara quanto do Senado Federal em nossa caravana. Alinhavamos com o Vandiesel e com os companheiros da Policia Civil, uma nova caravana para o mês de junho próximo, e tivemos um apoio oferecido,tanto logístico, operacional e político de ambos os representantes. Também estivemos mais uma vez,com o Dr. RodrigoVilaça, Diretor executivo da ANTF.
Obtivemos informações importantes e conhecemos outros que certamente nos auxiliarão em nossa caminhada.
Na terça-feira, estivemos no gabinete do Dep. Paulo Pimenta/PT-RS, e o mesmo, atendendo a nossa solicitação, fará um pronunciamento nesta semana na Camara Federal. Engrossando o coro com outros Deputados como o Dep. Maj. Fábio, Dep. Carlos Santana, Dep. Cap. Assunção e Dep. Arnaldo Farias de Sá.
Conversamos como, recém empossado Dep.Cel. Paes deLira, que fez a solicitação à lidarença de seu partido para ingressar em nossa comissão especial. Desculpou-se pelo tumulto de sua posse e por não dispor ainda de um gabinete.
Dep. Maj. Fábio/PB, nos ouviu e não conhecia a nossa causa e nem a nossa existência. Depois de 5 minutos, o Deputado, oriundo da Polícia Militar, já estava convencido de que éramos Policiais Portuários e que a correção no art. 144 da Constituição Federal deveria ser corrigido com URGÊNCIA, e que, em seu entender policial, a Guarda Portuária DEVE SER uma Polícia de Elite, já que trabalha em uma fronteira de riquezas nacionais.
Em conversa com o Dep. Cel. Paes de Lira, o mesmo nos afirmou que a causa lhe interessava imensamente e faria de tudo para estar em nossa comissão.
Dep. Marcelo Itagiba, sempre solícito, desculpou-se por não poder trabalhar e integrar nossa comissão por conta da CPI dos grampos, nos incentivou colocando-se a nossa disposição e em favor de nossa PEC.
Dep. Cap. Assunção/ES, nos informou já saber de nossas necessidade e estaria se empenhando ao máximo para contribuir nostrabalhos da comissão. É totalmente a favor da reparação Constitucional. Já vem conversando com integrantes do ES sobre as necessidades daSegurança e policiamento portuário.
Dep. Biscaia, em breve encontro, nos sinalizou ser favorável o momento de aprovação da PEC, que inclusive ele faz parte. Praquem não sabe, Dep. Carlos Biscaia, foi Secretário Nacional de Segurança Pública. Deputado de peso e conhecedor da necessidade ecarência da segurança portuária.
Dep. Paulo Pimenta, por indicação da Polícia Federal e vibrador, se comprometeu em cobrar com frequencia a instalação de nossa comissão especial pelo Pres. Michel Temer, atual presidente da Camara.
Dep. Carlos Santana, também fará um pronunciamento nesta semana em favor da instalação de nossa comissão.
Esperamosainda este anos começar a votação na Camara, ficando a votação no Senado Federal para o próximo.
Podemos sim, acelerar esse processo,mantendo uma equipe a cada mês, nos corredores de Brasília conduzindo,junto aos parlamentaresnosso pleito.
Depende mais de nós que deles, pois o simples fato de nos fazermos presente, já faz a diferença.

PPF já.Uma questão de Justiça.

Fotos da Última Viagem a Brasília